16ª Reunião Bienal da ESID

A 16ª Reunião Bienal da Sociedade Europeia das Imunodeficiências organizada pelo ESID, ENGID e IPOPI aconteceu de 29 de outubro a 1 de novembro de 2014 na extraordinária cidade de Praga na República Checa.

 

Do programa variado destacamos:

Dos workshops realizados, "who is who", tornou-se num dos pontos de excelência deste congresso. Os elementos das Associações de Doentes com Imunodeficiências Primárias dos diversos países fizeram a sua apresentação, referindo pontos altos da sua actividade e algumas dificuldades sentidas. A IPOPI indicou os desafios e os objetivos das organizações presentes que aproveitaram para partilhar outras experiências. De entre realidades totalmente diferentes as associações podem fazer os milagres acontecer.

Nas paredes da sala onde decorriam as sessões estavam expostos cartazes identificativos das diversas associações presentes na Bienal.

"How can your NMO help and support the families" foi uma sessão fechada para discussão das estratégias utilizadas nos diversos países pelas respectivas associações de doentes para ajudar as famílias que convivem com as Imunodeficiências Primárias. Os elementos foram agregados em vários grupos de trabalho, no final foi feito um balanço da sessão.

A participação portuguesa na Bienial Meeting ESID e IPOPI fez-se representar por dois elementos que estabeleceram diversos contactos com as Associações de Doentes de outros países bem como outros agentes presentes. A troca de experiências foi realmente enriquecedora.

Muitos foram os momentos grandiosos e em que os conhecimentos adquiridos suplantaram as expectativas. O saldo final foi extremamente positivo, agradecemos à IPOPI e a todos os envolvidos o apoio que prestaram à APDIP. Bem hajam!.

 

GALERIA:

 

Contactos

E-mail geral@apdip.pt para qualquer dúvida!

  • NIF: 506 353 753
  • NIB: 0035 0864 00056674630 08

Definição

  • Imunodeficiências Primárias (IDP) são deficiências congénitas do sistema imunitário, que causam aumento da suscetibilidade a infeções, afectando principalmente as vias aéreas superiores e inferiores, o aparelho gastrointestinal e a pele. Estas infeções podem ser crónicas ou recorrentes, com gravidade variável, sendo em alguns casos fatais.

Sites de interesse